quinta-feira, 17 de março de 2016

Escolas implantam projeto piloto de Coleta Seletiva. Redenção ecologicamente correto


A rede municipal de educação de Redenção recebe o sistema de coleta seletiva “Redenção Ecologicamente Correto”, com o objetivo de criar a consciência ambiental em cada cidadão, mostrando a importância da reciclagem, que além de ser uma atitude politicamente correta, ainda gerará empregos e renda às famílias que fazem parte da Cooperativa da Reciclagem no município.

A iniciativa de recolher os materiais recicláveis tem mudado a rotina de alguns estudantes nas escolas de Redenção. A medida foi colocada em prática há dois anos e tem como objetivo conscientizar os alunos quanto à preservação do meio ambiente. O Projeto conta com o apoio do Sindiverde – Sindicato das Empresas de Reciclagem de Resíduos Sólidos Domésticos e Industriais do Ceará, como ainda parceria com a secretaria de Meio Ambiente do Estado do Ceará e o Governo Municipal de Redenção.

As escolas irão iniciar ações de conscientização junto aos estudantes da rede pública sobre a importância da coleta seletiva. Por enquanto, o recolhimento será feito normalmente, mas a meta é recolher somente o lixo que estiver separado corretamente. A principal orientação é que os estudantes não coloquem no mesmo recipiente o lixo seco e o úmido.

No início da implantação, quatro escolas municipais servem de projeto piloto. A coleta seletiva implica na repartição de 4 tipos de lixos: plásticos, vidros, papéis e metais. O processo de separação do lixo é importante para o ambiente, pois auxilia na preservação do solo e da água bem como na limpeza das escolas. Os resíduos coletados serão convertidos em bonificação de energia, como também, gerar renda para as escolas.

“Nossa intenção é mobilizar nossa comunidade para mais esse importante projeto. Por enquanto, a caráter experimental, mas, em breve, com todo o vapor. Queremos que nossa cidade seja exemplo para as demais e com isso garantiremos empregos, renda e um futuro melhor para nossos filhos e netos”, disse o prefeito Manuel Bandeira.

Educadoras ambientais da Secretaria do Meio Ambiente irão acompanhar e ministrar palestras e como oficinas sobre o tema coleta seletiva abrangendo toda comunidade escolar: gestores, professores, alunos e demais funcionários.  Em cada escola foram instaladas coletores seletivos para possibilitar a separação adequada dos resíduos, além de conscientizar sobre a importância da coleta e reciclagem.

A estudante Maria Rita de Castro, 12 anos, não imaginava que isso fosse possível. "Eu nunca poderia imaginar que lixo poderia virar dinheiro", diz. Outra estudante, Alice Aparecida de Sousa, 14 anos, também avalia a ação como positiva. "Acho importante porque é muito bom contribuir com o meio ambiente. Eu estou fazendo a minha parte e não quero ter um futuro com entulhos, lixos e doenças", destaca.

Entre os benefícios da coleta seletiva estão a menor redução de florestas nativas; reduza extração dos recursos naturais; diminui a poluição do solo, da água e do ar; economiza energia e água; possibilita a reciclagem de materiais que iriam para o lixo; conserva o solo. Diminui o lixo nos aterros e lixões; diminui os custos da produção, com o aproveitamento de recicláveis pelas indústrias; diminui o desperdício e melhora a limpeza e higiene da cidade.

Serviços:
Lançamento do Projeto Redenção ecologicamente correto
Dia 18, às 15h na Escola Maria Augusta
Presenças confirmadas:
Manuel Bandeira – Prefeito
Artur Bruno – Secretário do Meio Ambiente do Estado do Ceará
Marcos Albuquerque – Presidente Sindiverde – FIEC e Secretário da Autarquia do Meio Ambiente de Redenção

Informações:
Vicente Araujo Assessoria de Comunicação


085 986368044 / 088 996545535
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...