sexta-feira, 4 de março de 2016

Ceará registra uma morte por dengue e passa de mil casos confirmados

Segundo os dados do boletim, Aracati registrou a única morte por dengue do Estado até o momento. Foram notificados 12 casos de formas graves da doença

Secretaria da Saúde confirmou uma morte por causa de dengue e 1.128 casos no Ceará, nesta sexta-feira, 4, por meio do boletim epidemiológico da doença. Em duas semanas, o Estado mais do que dobrou as confirmações, passando de 479 registros para o número atual. São investigados ainda 2.013 casos prováveis.

Segundo os dados do boletim, Aracati registrou a única morte por dengue do Estado até o momento. Fortaleza concentra cerca de 44% dos casos confirmados, com 502 registros da doença.

Foram notificados no Ceará 12 casos de formas graves da doença. Permanecem em investigação seis casos, destes cinco óbitos que ocorreram nos municípios do Crato, Fortim, Maracanaú, Caucaia e Salitre.

Conforme o relatório, foram confirmados casos em 21 das 22 Coordenadorias Regionais de Saúde (Cres) e em 157 municípios cearenses. Em relação à faixa etária, 24,5% dos casos confirmados tinham de 20 a 29 anos.

No ano passado, o Ceará confirmou 72 mortes por causa da dengue. Destes, 32 ocorreram em Fortaleza. No último dia 15 de janeiro, o Estado recebeu mais de R$ 6,9 milhões em investimento para combate ao mosquito Aedes aegypti, transmissor da dengue, da febre chikungunya e do Zika vírus.

Combate ao mosquito
Já foram visitados 1,8 milhão de imóveis no Ceará devido a Campanha de Enfrentamento à dengue, chikungunya e zika. O número representa 73% de todos os terrenos e casas do Estado.


Redação O POVO Online
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...