terça-feira, 29 de março de 2016

Baturité amanhece com novo prefeito

12891691_1196611510351212_5540200768655049500_o
Câmara de Baturité
Em fim, a novela que se arrastava a meses chegou ao fim. A Câmara Municipal de Baturité finalmente bateu o martelo e afastou definitivamente o prefeito investigado João Bosco Pinto Saraiva.
Na noite desta segunda-feira (28), por uma expressiva votação, a Comissão processante compostas pelo vereador Nilton Guedes (Presidente), Valdin (vice-presidente) e Ozanam Moreira (Relator), apresentou o resultado das investigações contra o prefeito sobre as irregularidades nos repasses destinados a construção da escola do Sanharão. O procedimento ocorreu de forma correta.
Foi uma sessão longa, o relatório da comissão de investigação produziu um documento com centenas de paginas. Logo após a leitura, foi assegurado o espaço para o denunciado que não compareceu ao plenário e nem enviou nenhum procurador legal, sendo nomeado para tanto o advogado Dr. Neudo Farias de Albuquerque, que teve direito a leitura do processo num espaço de tempo de duas horas. O advogado concluiu que o prefeito estaria inseto de culpabilidade, jogando a responsabilidade ao ex-secretário de finanças de seu primeiro ano de mandato. A Câmara lotada de populares assistia tudo atentamente. Havia uma expectativa sobre qual seria o resultado, quem votaria a favor ou contra, também se, mais uma vez a população ficaria frustada e o prefeito, que já tinha uma festa preparada, após o final da sessão seria absorvido mais uma vez.
Mas desta vez o resultado foi outro, os vereadores por um placar de 11(Onze) votos a favor do relatório da CEI (Comissão Especial de Investigação) e 02 contrários, com isso os vereadores, assinaram o veredito final. E Pela primeira vez em Baturité um prefeito tem seu mandato interrompido.
Foram a favor da cassação do prefeito Bosco Saraiva: Valdin do Zé Vilar, Luciano Furtado, Nelson Arruda, Nilton Guedes, Herberlh Mota, Renaldo Braga, Simony Feitosa, Gildo Barros, Ozanam Moreira, Marcelo Cardoso e a presidente da Câmara Irmã Edileusa. Votaram contra a cassação os vereadores Sávio Cesar e Socorro Araújo.
Os presentes vibraram com o resultado como a soltar um grito preso a muito tempo em suas gargantas.
Desde o inicio a gestão de Bosco Saraiva foi marcada por inúmeras irregularidades. Aconteceram coisas estranhas na cidade na sua passagem; intervenção da PROCAP no município, protestos, greves, policia invadindo residências ou seja, o prefeito Bosco Saraiva proporcionou o que ele mais defendia na sua campanha, a de que faria uma administração inesquecível, que entraria para a história de Baturité. Essa ele cumpriu, jamais esqueceremos o desastre que foi sua passagem pelo Palácio Entre-rios. As demais promessas como, fabricas, os folclóricos 40 bois, empregos, emergência voltando para o hospital, o teleférico, quadras poliesportivas em cada bairro, festas do município com Aviões do forró, e um “raminho” da UNILAB… Nada, nada… um rastro de ações atabalhoadas se sucederam. A população não aguentava mais.
Os baturiteenses esperam serenidade, responsabilidade e equilíbrio da vice-prefeita hoje prefeita de fato Cristiane Braga, nos meses que restam para ela administrar. A população não aguenta mais uma nova aventura.
Se a prefeita Cristiane Braga fizer uma administração equilibrada é possível que se torne um forte nome para as eleições que se avizinham. Isso incomodará muitos políticos que não queriam surpresas no jogo sucessório de 2016. Para alguns a fatura já estava fechada, agora uma nova historia passa a ser contada.
Tudo Isso que aconteceu, soa como uma mala direta aos pré candidatos a prefeitos que pleiteiam o palácio. Entendam que os cidadãos estão mais ligados, mais politizados e sabem cobrar. O recado foi dado, tanto para os candidatos a vereadores como para prefeitos.
Aguardaremos o passar dos dias, de como se comportará os grupos políticos com Cristiane Braga no comando do município.
O jogo ganhou novos episódios…
Texto : Claudio Ramos.
Fonte: TV Maciço
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...